Muitos usuários já estão sentindo a sobrecarga na conexão aos sistemas e demais aplicações devido à alta demanda que o mundo está exigindo neste momento.

Com a adoção do home office por muitas empresas devido a pandemia do Coronavírus, não só a TI está sofrendo com a disponibilidade do acesso quanto os usuários estão sentindo dificuldades que estão afetando diretamente na produtividade e continuidade de suas atividades.

Isso nos faz lembrar os desafios que muitas empresas enfrentavam com infraestrutura de TI para atender as demandas da Black Friday. O número de acessos em uma data específica sobrecarregava os sites e operações pois não havia uma mobilidade que disponibilizava a disponibilidade que a nuvem traz.

Com a recomendação das autoridades governamentais e da saúde para a quarentena para reduzir o contágio do vírus, as pessoas ficarão mais em suas casas e o número de acessos já está comprometendo a conexão, mas desta vez, temos como melhorar o acesso aos dados e ajudar as empresas na continuidade dos seus negócios.

O trabalho home office e a mobilidade que os usuários precisam

Mobilidade e segurança devem caminhar juntos quando referimos ao home office, para que exista ganho em produtividade. Quando esses fatores caminham juntos, sua empresa pode acessar dados, aplicações e serviços de qualquer lugar, ganhando em produtividade.

Mas não só a TI é beneficiada com isso. Times como o de vendas, recursos humanos e até mesmo a gestão, estão trabalhando remotamente e o acesso aos sistemas e informações possibilita que atividades fundamentais aconteçam em qualquer lugar e de forma segura.

A segurança é uma premissa básica para que o acesso remoto seja realizado sem trazer outras preocupações. Alguns pontos são importantes para isso como:

  • Proteção desde o acesso até os ambientes internos na nuvem;
  • Camadas de proteção para os acessos entre os colaboradores e os ativos de TI; 
  • Gestão e controle de usuários; 
  • Registro de acessos;
  • Entre outros.


Mas por que a nuvem pode ajudar?

Algumas empresas ainda não possuem sua infraestrutura em nuvem e estão sentindo todas essas dificuldades para a continuidade aos negócios e seus colaboradores estão enfrentando alguns problemas para trabalharem remotamente.

Com a nuvem, as empresas contratam um serviço que é cobrado de acordo com o uso, ou seja, se a sua demanda aumenta agora, você poderá reduzir quando não precisar mais de tantos recursos computacionais.

Veja 4 vantagens de construir um ambiente em nuvem

Quando falamos em ambiente em nuvem, nos referimos a uma organização que usa a computação em nuvem como infraestrutura que suporta sua operação. Em vez de instalar softwares ou armazenar dados em sua infraestrutura interna, a empresa opta por uma estratégia de virtualização total ou, ao menos, em algumas atividades de missão crítica, ou seja, que atendem a operação do negócio.

Como migrar a TI para a nuvem?

Se você já entendeu por que é importante migrar para a nuvem, confira alguns passos que devem ser dados.

  1. Avalie a sua infraestrutura de TI atual
  2. Decida o que vai migrar para a nuvem
  3. Selecione o provedor ideal (o que sua empresa quer colocar em nuvem? Existem fornecedores especializados em migrar e sustentar diferentes processos em nuvem)
  4. Planeje a migração junto ao seu fornecedor
Confira todos esses pontos de forma detalhada.

Quero migrar para a nuvem. Como a CCM pode me ajudar?

Se você já conta com uma estrutura na nuvem ou se está querendo iniciar a migração, ter um parceiro com expertise e certificações é fundamental para garantir o sucesso do seu negócio.

A CCM Tecnologia, por exemplo, tem sólida experiência em gerenciamento de ambientes em nuvem e atua em todas as camadas, desde o data center até o banco de dados, com soluções dimensionadas sob medida para cada empresa.

Junte-se a milhares de empresas que já adotaram a nuvem e amplie a eficiência do seu negócio.

Podemos te auxiliar a ganhar produtividade por meio da mobilidade, com a segurança necessária.
Entre em contato com a gente.