Você já pensou em investir no backup em nuvem? E em um serviço de armazenamento em nuvem? Essas duas soluções são fundamentais para empresas que pretendem descentralizar o acesso a dados importantes, ter mais mobilidade e redução de custos.

Bem estruturadas, as duas tecnologias podem gerar competitividade para o negócio e mitigar riscos. Quer saber mais sobre o tema? Então confira abaixo as principais diferenças entre o backup e o armazenamento em nuvem!

O que é o backup em nuvem?

Um serviço de backup em nuvem é aquele voltado exclusivamente para salvar dados de sistemas e dispositivos em uma infraestrutura de cloud computing. O processo de cópia é feito em intervalos pré-definidos e, por contar com a nuvem, permitirá a restauração de informações sempre que for necessário.

Em outras palavras, uma ferramenta de backup em nuvem funcionará de modo semelhante ao backup tradicional. Porém, os arquivos não serão salvos em um servidor interno ou mídia externa, mas sim em um ambiente de cloud computing.


O que é o armazenamento em nuvem?

O armazenamento em nuvem é uma ferramenta voltada para a sincronização, o acesso e o compartilhamento de dados entre vários dispositivos e usuários. Assim, as empresas podem se manter integradas e com um fluxo de trabalho contínuo mesmo que os seus profissionais estejam em lugares diferentes.

Em outras palavras, uma plataforma de cloud storage permite que várias pessoas mantenham cópias atualizadas de arquivos em múltiplos aparelhos. Assim, o negócio terá uma rotina descentralizada e que pode ser executada em qualquer ponto com acesso à web.

Como esses serviços se diferenciam?

Para compreender melhor os objetivos e as diferenças do cloud storage e do backup em nuvem, é necessário identificar as suas diferenças. Confira três pontos abaixo que separam essas tecnologias!

Segurança

No cloud storage, a segurança muitas vezes fica a cargo do usuário. Ele é responsável por definir os níveis de controle de acesso de qualquer informação e quem poderá editar um arquivo.

Já no backup em nuvem, isso será de responsabilidade do gestor de TI. Caberá a ele identificar quais pessoas poderão modificar, visualizar ou restaurar qualquer backup. Ou seja, a gestão de segurança tem maior nível de centralização.

Tipo de sincronização

No cloud storage, os dados são sincronizados sempre que forem editados, garantindo que os arquivos se mantenham atualizados entre vários aparelhos. Já no backup em nuvem a empresa pode definir intervalos, a fim de reduzir o uso da rede.

Objetivo principal

O principal objetivo do backup em nuvem é ter uma cópia dos dados dos principais sistemas e arquivos da empresa. Já no armazenamento em nuvem, a companhia busca manter as suas informações sincronizadas entre vários sistemas.

O backup e o armazenamento em nuvem são duas soluções que se beneficiam da versatilidade do cloud computing para se tornarem mais inovadoras, flexíveis e inteligentes. Com elas, empresas e usuários de serviços de TI conseguem melhorar o seu fluxo de trabalho, cortar gastos e ter mais mobilidade no seu dia a dia.

Ao investir no armazenamento e no backup em nuvem, a empresa terá um conjunto de rotinas mais robustas, preparadas para lidar com as demandas do mercado e dotadas de alta flexibilidade. Portanto, sempre considere esses serviços como a peça que faltava para o sucesso do seu negócio.

A computação em nuvem muitas vezes é confundida com uma forma de virtualizar servidores. Saiba as diferenças entre as duas tecnologias em nosso blog!