A ISO/IEC 27001:2013 é o padrão internacional de segurança cibernética reunido em nove páginas, que estabelecem as especificações para o design e implementação de um sistema de gerenciamento de segurança da informação. 

É, portanto, um conjunto grande de diretrizes normatizadoras que, muitas vezes, pode gerar muitas dúvidas; especialmente para quem está tendo contato somente agora.

Pensando nisso, resolvemos trazer, neste artigo, os principais pontos da certificação. Continue lendo para ver de maneira contextualizada o que é a ISO/IEC 27001:2013 e por que ela é tão importante para a sua empresa!

O que é a ISO/IEC 27001:2013

Muitas vezes chamado apenas de ISO 27001, é um padrão de segurança que descreve os requisitos sugeridos para criar, monitorar e melhorar um sistema de gerenciamento de segurança da informação.

Também podemos afirmar que a ISO/IEC 27001:2013 é um padrão voluntário empregado pelos prestadores de serviços para proteger as informações dos clientes. Ela exige que um organismo independente e credenciado audite formalmente a organização para garantir a conformidade.

A conformidade com a ISO/IEC 27001:2013 pode desempenhar um papel essencial na criação de uma política de governança de segurança dos dados.

A princípio, criar um sistema de gerenciamento de segurança da informação compatível com ISO é um processo abrangente que inclui escopo, planejamento, treinamento e suporte. No entanto, o esforço é válido, pois a empresa passa a ter garantia de que tudo está em conformidade, o que potencializa seu poder de proteção da informação.

Que vantagens a ISO/IEC 27001:2013 oferece

Entre os benefícios que a ISO/IEC 27001:2013 oferece, destacam-se os seguintes:

  • melhorias no gerenciamento de riscos: seguindo as diretrizes, é possível, por exemplo, potencializar o controle de quem pode acessar informações específicas, reduzindo o risco de essas informações serem roubadas ou comprometidas;
  • conformidade com os requisitos de proteção: com a crescente regulamentação da segurança da informação (vide a recém aprovada LGPD pelo governo brasileiro), a ISO 27001 se mostra a metodologia perfeita para garantir que os requisitos sejam cumpridos pela empresa, o que evita multas contratuais e até sanções de órgãos reguladores;
  • prevenção de danos e custos: principal força da ISO 27001 está na prevenção de incidentes de segurança; assim, a empresa reduz seus gastos com reparações ou mesmo com desgastes de imagem;
  • diferencial competitivo: para manter a conformidade com a ISO 27001, o sistema de gerenciamento de segurança da informação deve ser testado e aprimorado continuamente. Isso ajuda a evitar violações de dados que podem afetar suas funções principais de negócios, mas também faz com que a equipe aprimore continuamente suas habilidades no esforço de segurança. 


Como a ISO/IEC 27001:2013 ajuda no processo de adequação à LGPD

Por fim, um ponto que merece atenção: com a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entra em vigor em 2020 no Brasil, as organizações passam a ser obrigadas a melhorar seus controles para reduzir riscos aos dados pessoais de seus clientes, funcionários, parceiros de negócios etc.

A ISO/IEC 27001:2013 fornece os meios para expandir a proteção de dados na organização. Muitos aspectos dessa certificação podem ajudar no alcance da conformidade com a LGPD. Entre eles, destacam-se melhorias em avaliação de riscos, notificação de violação e gestão de ativos.

A certificação ISO/IEC 27001:2013 já é uma realidade na sua empresa? Gostou das informações que trouxemos aqui? Agora, leia mais sobre como incluir a tecnologia na gestão da empresa!