Com o crescimento da oferta de produtos e serviços de qualidade e um mercado consumidor cada vez mais informado e exigente, empresas dos mais variados segmentos têm apostado em soluções criativas para otimizar custos sem perder qualidade ou desempenho. Nesse cenário, soluções e estratégias que permitam reduzir custos de maneira inteligente tem se apresentado como uma alternativa bastante eficaz para manter ou expandir a competitividade das empresas no mercado. 

Diante disso, elaboramos este artigo para mostrar três dicas de ações que podem ser tomadas no sentido de reduzir custos com tecnologia no seu negócio. Leia o texto na íntegra e descubra como ter uma gestão estratégica de TI pode fazer com que sua iniciativa apresente ganhos exponenciais no médio e longo prazo.

1. Invista na computação em nuvem

As empresas têm optado por adotar a computação em nuvem tendo em vista a redução de custos sobretudo no departamento de TI. Esse procedimento consiste na contratação de recursos computacionais que as empresas necessitam para seus sistemas sob a modalidade de serviço, entregues através de uma conexão com a internet.

Essa prestação de serviço permite uma redução importante nos custos com recursos locais — servidores, rede e infraestrutura — uma vez que são baseados em serviços por assinatura. Isso significa que hardware e software são alugados e os departamentos de TI adquirem cotas que estão de acordo com a necessidade de armazenamento. Esse formato também é bem visto aos olhos do time de finanças, devido ao fato de que não requer imobilização do capital, liberando caixa para atividades e investimentos que geram retorno direto para o negócio.

É importante destacar que os recursos como memória, processamento e espaço de armazenamento podem ser alterados conforme a necessidade do usuário. Por ocasião das festividades natalinas, por exemplo, com o aumento das vendas de veículos, é possível programar a nuvem para receber e armazenar um fluxo maior de dados.

A transformação digital das empresas é uma constante que tem como causa o crescimento exponencial dos dados que são compartilhados por meio de tecnologias como a IoT e diversos dispositivos eletrônicos como computadores, tablets, smartphones.

Esse fenômeno de aumento de dados requer a adoção de tecnologias como a cloud computing (computação em nuvem). É importante frisar que esse procedimento é mais seguro, uma vez que os dados estão armazenados fora da empresa e não há o risco de perdê-los em decorrência de acidentes com os equipamentos, além disso, bons provedores e prestadores de serviço automatizam rotinas de backup de acordo com a estratégia de continuidade do cliente.

2. Adote soluções integradas para a redução de custos com tecnologia

A revolução tecnológica tem impactado de maneira definitiva as relações de consumo. Por conseguinte, as empresas precisam adequar suas rotinas a essa nova realidade. Um dos grandes desafios enfrentados pelos gestores consiste em harmonizar conceitos como tecnologia de ponta e redução de custos operacionais.

O sistema integrado de gestão empresarial surge para suprir essa lacuna. Ele é uma solução tecnológica empregada para captar informações dos vários setores da empresa. O fato de ter todos os dados centralizadas em um único programa facilita e subsidia as decisões setoriais.

Por exemplo, o gestor de tesouraria pode ter acesso aos dados do estoque e, a partir deles, projetar despesas futuras da empresa. Essa previsão permite não só antecipar uma compra para o estoque, mas também integrar ações no setor de vendas para aumentar as receitas correntes.

Agilidade e redução de custos com manutenção são consequências naturais da adoção de um sistema integrado de gestão. Isso acontece porque não serão necessários diferentes tipos de programas para cada setor. Assim, a necessidade de atualizações do software e os serviços de suporte são reduzidos.

Como esse programa vai acompanhar a sua empresa por um longo período e se trata de uma ferramenta que centraliza todas as informações (gestão, marketing, tesouraria, recursos humanos, estoque, entre outros), são necessários alguns cuidados:

  • faça uma análise minuciosa das soluções de que a empresa precisa;
  • escolha o pacote de serviços de softwares conforme essas necessidades;
  • estude os custos de aquisição e a viabilidade de implementar o serviço na empresa;
  • planeje detalhadamente a etapa de transição focando nos setores e funcionários que farão parte do processo;
  • verifique se a prestadora de serviço oferece capacitação para a sua equipe.

Portanto, verificamos até este momento que os custos com o setor de TI podem ser perfeitamente reduzidos. Para isso, a migração dos dados da empresa para uma nuvem e a aquisição de um sistema integrado de gestão têm sido alternativas empregadas de modo recorrente em diversas empresas nacionais. Agora, fique com a última dica!

3. Pense na possibilidade de alugar equipamentos

A aquisição de equipamentos é um dos fatores que encarece os custos para manter o setor de TI. Em tempos de crise, avaliar com cautela e empregar alternativas de gestão criativas pode fazer a diferença no orçamento da empresa.

Diante desse cenário, levando em conta o tipo de atividade desenvolvida no seu empreendimento, é preciso considerar a possibilidade de contratar uma empresa de equipamentos de TI terceirizada.

Por um valor fixo mensal, você estará isento de preocupações como fazer o levantamento de custos e adquirir novos equipamentos. Além disso, os serviços de manutenção ficarão a cargo da empresa prestadora.

Outro fator fundamental é o impacto causado por essa solução nas questões relativas a administração financeira e contábil do seu negócio. A compra de um equipamento requer a imobilização do capital, o que reduz o caixa para projetos que estão diretamente relacionados a geração de receitas incrementais ou mesmo o investimento no mercado financeiro, que pode render receitas financeiras de aplicações, o que demanda uma análise mais aprofundada sobre o custo de oportunidade. A locação, é mais oportuna para a liberação de caixa, trabalhando melhor o custo de oportunidade e além disso as despesas com locação podem ser deduzidas do IR do seu negócio, aumentando o seu resultado.

Além disso, alugar os equipamentos permite que os gestores de TI e a equipe direcionem as suas atenções para pontos mais estratégicos do negócio. Isso certamente impactará de forma positiva a produtividade do setor, agregando valor e permitindo um crescimento em escala para a sua empresa.

Agora que conhece essas dicas de ações que devem ser adotadas para a redução de custos com tecnologia, você está apto para dar os seus primeiros passos na direção do sucesso. Fique à vontade para buscar outras fontes de conhecimento que possam subsidiar a sua tomada de decisão.

Caso ainda tenha dúvidas sobre quais alternativas são mais vantajosas, entre em contato com os nossos consultores. A CCM Tecnologia oferece aos seus clientes soluções criativas que aliam conceitos como inovação, tecnologia e performance.