Em busca de mais qualidade, mobilidade e integração, muitos negócios estão colocando dados corporativos na nuvem. Essa estratégia leva a benefícios para vários setores e pode trazer grandes ganhos.

Porém, ao investir na migração dos dados corporativos para a nuvem, a empresa precisa ficar atenta à segurança digital. Esse aspecto, se negligenciado, colocará o negócio exposto a ataques e vazamentos.

Mas por onde começar? Veja no post abaixo!

Por que a empresa pode armazenar informações na nuvem?

O armazenamento de dados na nuvem é um processo que traz uma série de impactos positivos para qualquer negócio. O primeiro é a otimização de custos: ao investir no cloud computing, a empresa passará a ter um gasto com TI mais preciso e alinhado com as suas demandas.

A infraestrutura de armazenamento de arquivos será mais escalável e flexível, permitindo que a companhia responda às demandas do mercado em prazos menores. Além disso, a possibilidade de abrir e editar arquivos em qualquer dispositivo com acesso à web facilitará a criação de um ambiente de trabalho com alta mobilidade e integração, dois pontos fundamentais para tornar o negócio moderno e competitivo.

Como o uso da nuvem ajuda na escalabilidade da sua empresa?

Como salvar dados na nuvem em segurança?

Para manter arquivos corporativos na nuvem com segurança, a empresa precisa adotar uma série de medidas preventivas. Dessa forma, o investimento será feito sem comprometer a confiabilidade das rotinas e, em longo prazo, evitará novos riscos e vulnerabilidades. Entre os pontos básicos para atingir esse objetivo, podemos apontar:

• invista em controles de acesso e monitoramento junto ao ambiente em nuvem;
• instrua os profissionais que usarão o ambiente de cloud computing a manterem boas práticas de segurança;
• implemente uma VPN para o acesso aos dados em redes desconhecidas ou não monitoradas pela companhia;
• revise processos de segurança digital para incorporarem o monitoramento das informações salvas na nuvem; 

Todos esses processos auxiliarão o negócio a ter um maior controle sobre os dados corporativos na nuvem. Ao mesmo tempo, eles auxiliam o gestor a escolher uma ferramenta mais preparada para lidar com as demandas da empresa e que forneça um baixo risco para o negócio. 


Qual a importância de bons procedimentos de segurança digital para o negócio?

A segurança digital se tornou uma preocupação obrigatória para qualquer empresa. A aprovação de leis como a LGPD e a GDPR exigem que os negócios tenham mais cuidado com os dados de terceiros, além de uma maior transparência no modo como as informações são geridas.

Diante disso, os cuidados na área devem passar por todos os procedimentos. Quando falamos de cloud computing, uma tecnologia que traz benefícios como maior mobilidade e flexibilidade operacional, a companhia deve garantir que nenhum registro fique exposto e que isso não leve a cenários de risco.

A inserção de dados corporativos na nuvem, portanto, deve ser acompanhada de uma série de precauções. Revisando políticas de controle de acesso, conhecendo as rotinas do prestador de serviço e avaliando as principais tendências do mercado, a companhia pode evitar riscos e se manter em um ambiente de trabalho robusto e confiável.

Quer saber como escolher a melhor empresa para salvar os seus dados na nuvem? Veja no blog!

Leia também: